Sintepav BA contesta Nota enviada pela CCR aos veículos de comunicação sobre desconhecimento dos problemas na obra do Metrô

22 de fevereiro de 2018

Fonte: Assessoria de Comunicação Sintepav Bahia

 

O Sintepav BA declara que a CCR Metrô Bahia tinha conhecimento desde o dia 12 de dezembro de 2017 da pauta de reivindicações dos trabalhadores terceirizados que tiveram seus direitos desrespeitados, o que motivou a manifestação realizada pelos trabalhadores no dia 21 de fevereiro de 2018.

Em ata da reunião realizada no dia 21 de fevereiro de 2018, assinada pelos representantes da CCR Metrô Bahia, os mesmos reconhecem que no dia 12 de dezembro fora pactuada entre o Sintepav/BA e as empresas contratadas pela CCR que as empresas contratadas deveriam seguir na integralidade a Convenção Coletiva de Trabalho e Acordo Específico, o que não havia ocorrido.

De acordo com o documento comprobatório que encontra-se em anexo “Ainda, nesta assentada, foi solicitado que as contratadas pela CCR, cumpram com as questões de segurança e saúde do trabalho de forma imediata, em especial no que tange ao caso da Passarela da Estação Mussurunga, a qual só poderá retornar as atividades sanadas as irregularidades, tendo em vista que do modo que está se laborando poderá ocasionar acidentes graves ao trabalhador”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *