Sintepav BA repulsa o assédio sexual e apoia trabalhadoras em denúncia ao MPT

 

O Sintepav BA – Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada e Montagem Industrial do Estado da Bahia, diante das denúncias realizadas ao Ministério Público do Trabalho (MPT) de assédio sexual cometidos pelo secretário-geral da instituição, Paulo Roberto Silva dos Santos, contra funcionárias do Sintepav BA e trabalhadoras da construção pesada, assim que teve conhecimento do fato, prestou todas as informações necessárias ao MPT e colocou-se à disposição para colaborar com o processo investigativo. O Sintepav BA repulsa veemente o assédio sexual e deu início ao processo interno para fins de eventual expulsão do acusado e perda do cargo de diretor ao qual foi eleito.

O Sindicato ganhou notoriedade no cenário estadual, nacional – tendo até reconhecimento internacional – na defesa constante dos trabalhadores e trabalhadoras (não somente de sua categoria), cuidando, não apenas, de assegurar o integral cumprimento da legislação trabalhista, como promovendo, através das normas coletivas que celebra, inúmeras melhorias nas condições de trabalho dos empregados da construção “pesada” no Estado da Bahia.

Nesse cenário, destacou-se (por ser quase pioneiro) especialmente por introduzir a preocupação com as questões de saúde e segurança do trabalho (quase sempre relegada a segundo plano frente aos assuntos de ordem econômica) como algo de extrema relevância. Dentro desta premissa, ao longo da última década, atuou de modo intransigente no combate a práticas nefastas (mas ainda hoje existentes) como trabalho em condições análogas à de escravo, além dos repugnantes assédios moral e sexual.

Neste contexto, releva asseverar, no particular, a realização anual de seminários e palestras educativas, em que se abordou especificamente, por inúmeras vezes o tema, tendo, inclusive – e em todos eles – figurado como palestrantes estudiosos do tema, membros do governo e representantes de importantes instituições.

De forma lamentável, infeliz e surpreendente, o Sintepav BA vê-se, agora, envolto naquilo que sempre repeliu veementemente e luta para expurgar. Contudo – e também por isso – ao invés de tentar esconder ou escamotear os fatos, seja por “corporativismo”, seja por medo de macular a sua própria imagem, assumimos, aqui, um compromisso expresso com o Ministério Público do Trabalho de adotar a postura ativa na busca da verdade para demonstrar que não compactua, sob nenhum pretexto, com este tipo de conduta e, mais ainda, que todos aqueles que a cometem merecem ser rigorosamente punidos, ainda que, para isso, venha a “cortar na carne”.

A direção do Sintepav BA não compactua com condutas tão repugnantes desta natureza e tem adotado todas as medidas cabíveis de apoio as mulheres.

Pra Mais Informações

Irailson Warneaux (Gazo) – Presidente em exercício do Sintepav BA

71 99915-7406

 

Sara Regina – Assessora de Comunicação Sintepav BA

71 99915-6454

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *