Comunicação

comunicacao_topo

Vivemos a era da tecnologia informacional. Os impactos na subjetividade dos trabalhadores causados pelos meios de comunicação de massa, provocam um alinhamento ideológico dos trabalhadores, por inércia, à política do capital. Os efeitos são danosos para construção de um olhar que permita aos trabalhadores se reconhecer como sujeitos da história, construtor das transformações e não como espectador. O viés ideológico do papel que devemos cumprir nas relações sociais e políticas são apresentadas pela imprensa como algo que não devemos imiscuir. Daí decorre, muitas vezes, o desencanto dos trabalhadores com suas organizações sindicais.

Nessa batalha da comunicação, os sindicatos precisam conceber que essa questão é a centralidade da ação para informação e formação da categoria. A comunicação sindical é propulsora de novas consciências e construção da idéia de pertencimento e identidade dos trabalhadores com sua organização, lhe permitindo novas informações, pluralidade de opinião e desconstrução da visão individualizada dos patrões que tentam nos oprimir e dividir pela informação.

A comunicação para o Movimento Sindical é decisiva na consolidação do seu projeto político e a busca pela garantia dos direitos dos trabalhadores na relação entre capital e trabalho. Segundo Osvaldo Biz (2009): “Nenhuma entidade de classe consegue se colocar/legitimar, sem ter uma política de comunicação caracterizada. O jornal alternativo dá condição para a contra-hegemonia elaborar o seu discurso e a sua própria construção, propagando, através dele as suas idéias”.

Conhecedor dos impactos causados pelos meios de comunicação de massa na subjetividade dos trabalhadores e da importância da identidade dos trabalhadores com a sua organização de classe, o Sintepav Bahia, estruturou o Departamento de Comunicação no âmbito da Secretaria de Comunicação da instituição.

O Departamento de Comunicação, através de profissionais qualificados e comprometidos com as causas dos trabalhadores, desenvolve diversas ferramentas responsáveis pela informação, formação, conscientização política e ideológica dos trabalhadores, promovendo assim os sujeitos dentro da sua própria história de vida.

 Conheça as nossas ferramentas de Comunicação

Boletim Via Expressa

Campanhas Publicitárias

Cartilhas

Áudio Sintepav

Redes Sociais

Comentários estão fechados