Financeiro

financeiro_topo

Sobre

O Departamento Financeiro compartilha atuações relacionadas com os meios financeiros necessários à atividade das organizações. Desta forma, a função financeira integra todas as tarefas ligadas à obtenção, utilização e controle de recursos financeiros de forma a garantir o equilíbrio financeiro.

Portanto, o departamento financeiro busca contribuir para o equilíbrio das receitas e das despesas do sindicato, que controla as contas, e que serve como parâmetro da avaliação do equilibro financeiro da Instituição, e nesse contexto vem aprimorando a representação junto aos trabalhadores da categoria.

O Departamento Financeiro é composto da seguinte estrutura organizacional;

1 ‐ Contas a Pagar
Contas a Pagar têm por finalidade informar ao SINDICATO sobre o vencimento dos compromissos, prioridades de pagamento e o montante dos valores a pagar.

2 ‐Contas a Receber/Cobrança
Contas a Receber trata de todas as fontes de receitas (Repasse das contribuições Sindicais) para o Sintepav – Ba.

Demonstrativo das Contribuições:

Mensalidade Sindical
Pela legislação as empresas descontarão dos Salários dos seus empregados, o valor correspondente a 2% (dois por cento) do salário base, a título de mensalidade sindical.

Contribuição assistencial do Trabalhador
Com base na decisão da Assembléia Geral das categorias profissional e em observância a Ordem de Serviço n1 do TEM e o TAC no MPT, as empresas descontarão, mensalmente, a titulo de Contribuição Assistencial, o percentual de 2% (dois por cento) do salário base dos seus trabalhadores, limitado ao valor Maximo de R$ 85,00 (oitenta e cinco reais), a partir de 1° de Março de 2012, em favor do SINTEPAV – BA.

Contribuição Negocial
Quando do pagamento das diferenças salariais decorrentes da aplicação do reajuste salarial concedido em função da aplicação da CCT 2012/2013, ou no pagamento de rescisões de contrato de trabalho complementar, será descontado de todos os trabalhadores e repassado para o SINTEPAV – BA, o valor equivalente a três horas normais de trabalho de cada empregado, a titulo de contribuição negocial.

Contribuição Sindical – CLT – LTR 3
Art.579. A contribuição sindical é devida por todos aqueles que participam de uma determinada categoria econômica ou profissional, ou de uma profissão liberal, em favor do sindicato representativo da mesma categoria ou profissão ou, inexistente este, na conformidade do disposto no art.591. Art. 580. A contribuição sindical será recolhida de uma só vez, anualmente, e consistirá:

Desconto de um dia de Trabalho e m folha de pagamento no mês de março de cada ano.

A contribuição sindical será recolhida à Caixa Econômica Federal, que realiza o repasse do valor arrecadado.

Divisão Contribuição Sindical

60% Para o Sindicato               10% FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador
15% Para Federação                 10% Central Sindical
5% Para Confederação

DA COBRANÇA
A carteira de cobrança tem como principal função administrar os recebíveis da entidade.

O departamento financeiro agrega a carteira de cobrança diante das suas atribuições é responsável para obter informações em relação ao número de trabalhadores Efetivos neste seguimento de representatividade com intuído de obter o numero quantitativo de trabalhadores em todo Estado da Bahia. Constatando dados numerários com relação aos trabalhadores associados ou não que contribuem para manutenção da instituição.

Solicitação de Boletos

Boleto de Contribuição Sindical

Comentários estão fechados