Sintepav BA garante depósito judicial da OAS para pagamento das rescisões dos trabalhadores da Ponte de Ilhéus

Leo Prates alerta sobre possibilidade de colapso no sistema de saúde: ‘Pior momento na pandemia’
Ouvidoria irá contar com programas de combate ao racismo e violência doméstica, diz ouvidor
Governador da Bahia anuncia prorrogação de medidas restritivas por mais 48 horas

01 de março de 2021
Fonte: Assessoria de Comunicação Sintepav Bahia

As ações do Sintepav BA em defesa dos direitos da categoria garantiram que a empresa OAS realizasse no final da tarde da última sexta-feira (26), o depósito para pagamento dos valores devidos das rescisões dos trabalhadores da obra da Ponte de Ilhéus. O recurso está depositado na conta judicial do processo que o sindicato ingressou contra a empresa.

O Sintepav BA aguarda a liberação do recurso pelo o juiz para que dessa forma, o sindicato possa realizar o pagamento diretamente aos trabalhadores. No entanto, o Departamento Jurídico do Sintepav BA não tem previsão da data, em virtude da suspensão dos trabalhos do Tribunal Regional do Trabalho até quarta-feira (03) em decorrência do decreto estadual que suspendeu as atividades nos órgão públicos e comerciais que não são considerados essenciais. O sindicato requereu no processo a liberação do recurso para que os trabalhadores possam receber as rescisões o mais rápido possível.

COMMENTS